Restam: 40 garrafas

J. Desruets - Coeur de Pinot 1er Cru

Champagne

Região Champagne | Champagne |

Uvas: Pinot Noir 90% e Pinot Meunier 10%.

delicado

Harmonização: Aves, Frutos do Mar, Peixes, Saladas, Sobremesas

De R$705,00 por:

CAIXA FECHADA

R$259,30/garrafa

CAIXA MISTA

R$288,10/garrafa

ENTREGA

até 12/15/2019

RESTAM

40 garrafas

Ficha técnica
Safra:
Conteúdo: 750 ml
Uvas: Pinot Noir 90% e Pinot Meunier 10%.
Teor alcoólico: 12%
Temperatura de serviço: 12 a 16º
Estimativa de guarda: 2 anos
Como conservar seu vinho: Para o vinho mostrar todo o seu potencial quando for degustado, ele tem de ser armazenado em ambiente fresco, com controle de temperatura e umidade, livre de trepidações e sem contato com a luz.
Ficha de degustação
Cor: Tonalidade rosa âmbar conhecida como "olho de perdiz". Bolhas finas e leves.
Aroma: Nariz potente, exuberante, com nota de frutos de caroço. Generoso, discreto, com pontas minerais de pedras de silício.
Paladar: Boca rica, frutada de frutos vermelhos, fruto confitado como a laranja, passando pelo caramelo salgado. Um fim de boca mineral, longo e persistente.

A Maison Desruets foi fundada em 1888 na cidade de Dom Perignon (Hautvilliers). Produz champagnes no melhor terroir da região, classificado como “Premier Cru”.

Proveniente de parcelas plantadas em 1974, esse champagne é elaborado a partir de um coração de "cuvée", ou seja, os melhores Pinot Noir da vinícola são usados neste champagne.

O Pinot Noir entrega um vinho redondo e potente e equilibra muito bem associado ao leve do Pinot Meunier. Esse vinho emblemático da vinícola Joseph Desruets é produzido por 5 gerações.

Técnicas de produção:
. Colheita manual
. Dosagem de 6g/litro
. Envelecimento de no mínimo 34 meses na cave
. Produção de 3416 garrafas

  • Seco
    Doce
  • Leve
    Potente
  • Simpes
    Complexo
  • - Frutado
    + Frutado
  • - Amadeirado
    + Amadeirado
  • - Tânico
    + Tânico
  • - Ácido
    + Ácido
Sobre a Região

Região: Champagne
Vinícola: Champagne Joseph Desruets
Sobre a região: Das regiões vinícolas francesas, Champagne é a mais famosa, graças a seus vinhos espumantes sempre associados às comemorações, ao romantismo e sobretudo ao prazer, além de um grande esforço de divulgação empreendido pela associação de produtores.

É importante entender que Champagne é o nome local de uma região, conhecido e usado pelos produtores locais há séculos. Quando da criação da AOC, o nome do produto herdou o nome local, como aconteceu com inúmeras apelações francesas.

A inegável qualidade dos espumantes de Champagne se deve às características únicas do clima e dos solos, tornando-o um produto inimitável.

Champagne se tornou um produto demandado, despertando o interesse do comércio mundial - e a proliferação de inúmeros espumantes que se aproveitaram do nome famoso para se promover.