Esgotado !

Château de Chambert

Cahors

Região Sud-Ouest | Tinto | 2012

Uvas: Malbec 85% e Merlot 15%.

Potente . Aveludado . Elegante . Gastronômico

Harmonização: Carnes vermelhas, Embutidos

De R$147,00 por:

CAIXA FECHADA

R$94,50/garrafa

CAIXA MISTA

R$105,00/garrafa
Ficha técnica
Safra: 2012
Conteúdo: 750ml
Uvas: Malbec 85% e Merlot 15%.
Teor alcoólico: 14,5%
Temperatura de serviço: 16 e 18º
Estimativa de guarda: 20 anos
Como conservar seu vinho: Para o vinho mostrar todo o seu potencial quando for degustado, ele tem de ser armazenado em ambiente fresco, com controle de temperatura e umidade, livre de trepidações e sem contato com a luz.
Ficha de degustação
Cor: Rubi profundo e denso com cores de cereja.
Aroma: Rico e de grande concentração, com muitas notas de frutas vermelhas e pretas e taninos maduros.
Paladar: Ao mesmo tempo denso e elegante, refinado, com presença na boca e com notas amadeiradas.
Por mais de três séculos que o Château de Chambert ocupa as melhores vinhas das encostas elevadas de Cahors. Os solos calcários permitiram que o vinho preservasse a frescor mineral e a acidez. Um excelente vinho, denso e elegante, fino e longo com um toque amadeirado ao final. Moderno sem perder o seu lado autêntico.
  • Seco
    Doce
  • Leve
    Potente
  • Simpes
    Complexo
  • - Frutado
    + Frutado
  • - Amadeirado
    + Amadeirado
  • - Tânico
    + Tânico
  • - Ácido
    + Ácido
Sobre a Região
Região: Sud-Ouest
Vinícola: Château de Chambert
Sobre a região: Situada ao sul da cidade de Bordeaux, os vinhedos do sud-ouest estendem-se a oeste até a fronteira com a Espanha, recobrindo quase toda a região da Aquitania. Os   vinhos dessa região nos impressionam por sua diversidade e originalidade. Além das já conhecidas cepas Cabernet Sauvignon,  Merlot, Tannat e Malbec, esta região cultiva uma enorme variedade de uvas raras e menos conhecidas, como Abouriou, Gros Manseng e Petit Manseng, Fer e Len, graças a  seus diferentes solos e climas. Os vinhos do Sudoeste, especialmente os tintos, são encorpados e tânicos e acompanham muito bem a robusta culinária da região. Por ser menos badalada que Bordeaux e Bourgogne, os vinhos do Sudoeste sao mais dificeis de serem encontrados fora da França, porém esta região esconde verdadeiros tesouros que são importados exclusivamente pela Mon Caviste.